Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Curso de Escrituração Contábil Fiscal em SJN

Imagem: internet
No próximo dia 28 de junho (terça-feira), acontecerá no plenário da Câmara Municipal de São João Nepomuceno, o curso de Escrituração Contábil Fiscal, com o instrutor Ronaldo Borges Simões, contador, mestre em gestão e inovação organizacional.



O curso acontecerá em um dia, com horário das 8h às 17h, e o público alvo são contadores e técnicos em contabilidade. O valor do investimento é de R$ 60,00 (sessenta reais), e as vagas são limitadas. Os profissionais em situação regular com o CRCMG possuem 50% de desconto.

Inscrições pelo contato: (32) 3261 2569 ou pelo facebook de Luís Carlos (Clique aqui)

A importância deste curso é justificada pelos seguintes motivos: o prazo de entrega da SPED ECF acontece no último dia útil do mês de julho; e todas as empresas optantes pelo Lucro Presumido e as entidades imunes e isentas são obrigadas a entregar a referida declaração.

APOIO: CRCMG, SINERCON, Câmara Municipal de São João Nepomuceno. 

Mini currículo Ronaldo Borges Simões
Contador, Mestrado em Gestão e Inovação Organizacional, MBA em Gestão de Negócios, Pós-graduado em Consultoria Contábil, Pós-graduado em EaD, ADESGUIANO/03. Professor Universitário, Consultor Empresarial, Instrutor de Exame de Suficiência do CFC, Coordenador de Curso em IES (Contabilidade e Processos Gerenciais).

PROGRAMA
SPED:  ECF – Escrituração Contábil Fiscal

Objetivo
 Apresentar conceitos, sistemática, objetivos, impactos e novidades da ECF sobre as entidades e a fiscalização nacional de acordo com legislação pertinente.

Programa
Apresentação

1 ECF-Escrituração Contábil Fiscal ( Lei nº 12.973/14, IN RFB nº 1.422/13 e 1.59515))
·         Novo tratamento da escrituração contábil fiscal
·         Vigência da ECF e Legislação
·         Obrigatoriedade e Dispensa
·         Quais operações deverão constar
·         Prazos de entrega
·         Assinatura digital
·         Penalidades pelo atraso na entrega ou erros
·         Fim da DIPJ e LALUR
·         SCP Sociedade em Conta de participação – Forma de apresentação
·         Cruzamentos da ECF com outras declarações acessórias
·         Associação das contas contábeis recuperadas do Sped Contábil (ECD)
·         RTT (Regime Tributário Transitório)
·         Abertura do arquivo, importações e integrações

2    Análise dos Blocos e Registros que compõe a ECF
·          Bloco 0 – Abertura do arquivo e identificação
·          Bloco C – Recuperação de dados da ECD
·          Bloco E – Recuperação de dados da ECF anterior e cálculo Fiscal dos dados da ECF
·          Bloco J – Plano de Contas Referencial, mapeamento, Centros de Custos
·          Bloco K – Saldo das Contas Referenciais
·         Bloco L – Lucro Real 
·         Bloco M – e-LALUR/ e-LACS
·         Bloco N – Cálculo da IRPJ e CSLL
·         Bloco P -  Lucro Presumido
·         Bloco T -  Lucro Arbitrado
·         Bloco U - Imunes e Isentas
·      Bloco X – Informações Econômicas - Operações com Exterior, Demonstração de Origem e Aplicação dos Recursos, Comércio Eletrônico, Inovação Tecnológica
·         Bloco Y – Informações Gerais - Pagamentos ao Exterior, Exportação, Retenção de Tributos, Dados e Remuneração de Dirigentes, Participações Permanentes, Participações em Consórcios
·         Bloco 9 – Encerramento do Arquivo digital


Estratégia (metodologia) de trabalho
1. Aulas Expositivas (data show, vídeos)
2. Debates e Questionamentos
3. Fornecido apostila pelo instrutor

Legislação Básica
 ·         Decreto nº 7.979, de 8 de abril de 2013  - Altera o Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, que instituiu o Sistema Público de Escrituração Digital - Sped.
·         Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007 – Institui o Sistema Público de Escrituração Digital - Sped.
·         Instrução Normativa Nº 107, de 23 de maio de 2008 – Dispõe sobre a autenticação de instrumentos de escrituração dos empresários, sociedades empresárias, leiloeiros e tradutores públicos e intérpretes comerciais.
·         Instrução Normativa DREI nº 11/13, de 9 de dezembro de 2013  - Dispõe sobre procedimentos para a validade e eficácia dos instrumentos de escrituração dos empresários, sociedades empresárias, leiloeiros e tradutores públicos e intérpretes comerciais.
·         Instrução Normativa RFB nº 1.139, de 28 de março de 2011 – Altera a Instrução Normativa RFB nº 787, de 19 de novembro de 2007, que institui a Escrituração Contábil Digital;
·         Instrução Normativa RFB nº 1.420, de 19 de dezembro de 2013  - Dispõe sobre a Escrituração Contábil Digital (ECD).
·         IN 1.594 de 1º de dez 2015 - Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.420, de 19 de dezembro de 2013, que dispõe sobre a escrituração contábil Digital (ECD). Entrega da ECD.
·         Instrução Normativa RFB n° 1.595/15, alterando a IN 1.422/13, que dispõe sobre a Escrituração Contábil Fiscal (SPED ECF). Entrega da ECF.


·         Instrução Normativa RFB n° 1.633/16, alterando a IN 1.422/13, que dispõe sobre a Escrituração Contábil Fiscal (SPED ECF). Entrega da ECF.


Nenhum comentário:

Postar um comentário