Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

quarta-feira, 17 de junho de 2009

4º Nepopó Festivao foi sucesso total


A 4ª edição do ‘Nepopó Féstivao’ – Festival de Teatro de São João Nepomuceno – fez um enorme sucesso e levou cerca de 7 mil pessoas ao Centro Cultural Gabriel Procópio Loures, durante os dias 10, 11,12, 13 e 14 de junho. Promovido pelo GRUTA – Grupo de Teatro Amador de São João Nepomuceno, o evento teve uma média de 360 pessoas por espetáculo, 21 grupos de teatro de diversas cidades, 20 peças e a participação de 247 artistas.


Neste ano o festival fez uma justa homenagem à poetiza e colunista Déa Verardo Loures, grande incentivadora da cultura em São João Nepomuceno, sempre dando apoio aos espetáculos e artistas locais através de sua coluna, antes publicada no semanário ‘Voz de São João’ e atualmente no Portal SJ Online. Na década de 80, Déa presidiu o Centro Cultural, batizado com o nome de seu falecido esposo, Gabriel Procópio Loures, resgatando um espaço que muito beneficiou e ainda beneficia a cultura local.


O espetáculo ‘Equus Deo’ da Cia Domínio Público, de Juiz de Fora, que conta a história de um casal cujo filho único cegou seis cavalos, mostrando os conflitos de sua personalidade adolescente, dividida entre o amor obsessivo por cavalos e a descoberta de sua sexualidade, foi a grande sensação do ‘Nepopó 2009’ faturando dez troféus ‘Déa Verardo Loures’ – Melhor Ator do Festival, Melhor Atriz do Festival, Melhor Ator Coadjuvante do Festival, Melhor Direção do Festival, Melhor Espetáculo do Festival, além de faturar a maioria dos prêmios da categoria drama – Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Direção e Melhor Cenário.


A abertura do 4º ‘Nepopó Féstivao’ aconteceu na noite de quarta-feira (10/06), ocasião em que a grande agraciada, que dá nome ao troféu desta edição do festival, Déa Verardo Loures, brilhou com todo o seu carisma, beleza e simpatia. Visivelmente emocionada, agradeceu a todos pela homenagem dizendo não ter palavras para traduzir a sua alegria e emoção diante de uma homenagem tão amiga, carinhosa e sincera e citou o seu tradicional slogan, “Receber é belo, agradecer é lindo”.


A primeira noite do ‘Nepopó Féstivao’ terminou com um sarau, onde artistas locais puderam apresentar um pouco de música e poesia.


Festival

‘Qual o problema?’, do grupo Kairós de SJN, foi a peça de abertura na tarde de quinta-feira (11/06), arrancando gargalhadas da platéia. O espetáculo mostra os problemas do cotidiano de uma maneira cômica, com personagens que retratam o dia a dia na sociedade brasileira.
Três jurados abraçaram a difícil e extensa tarefa de escolher os melhores: Everson Rezende, ator, diretor, produtor e coreógrafo; Cida Nascimento, atriz da Cia de Teatro Novos Horizontes - ambos presentes como julgadores nas quatro edições do ‘Nepopó’ - e Alex Marigo, ator e produtor do Grupo de Teatro de Câmara de Guarani e coordenador de Cultura na mesma cidade. Na edição passada o grupo de Alex faturou diversos prêmios na categoria comédia e o segundo lugar geral.


O ‘Nepopó Féstivao’ nasceu em 2006 de um sonho dos membros do GRUTA, Márcio Sabones, Ismael Yellow e Aldo Philadélfia, que inspirados no Festival de Teatro de Ubá decidiram promover um evento semelhante na cidade. A cada ano uma personalidade sãojoanense é homenageada pela organização do evento, levando o nome do prêmio como forma de agradecimento aos serviços prestados às artes cênicas no município.


Na primeira edição o homenageado foi José Luiz de Carvalho Nunes, uma das maiores estrelas que o teatro sãojoanense já viu. Naquele ano, nove grupos e nove espetáculos deram o “ponta pé inicial” ao evento disputando categorias tais como: Infantil, Comédia e Drama.


Em 2007 foi a vez de Álvaro Barcellos, o Cabral, atualmente ator Cia Cênica Nau de Ícaros, onde atua há 20 anos na cidade de São Paulo. Desta vez, categorias como: Infantil, Comédia, Drama, Monólogo, Teatro de Rua e Tragicomédia deram novos horizontes ao Festival, tornando-o mais competitivo.


A terceira edição, em 2008, homenageou Ney Morais, que por quase três décadas lidera a Cia de Teatro Novos Horizontes, da qual é diretor e produtor de peças como: “A Paixão de Cristo”, Santa Rita, Noites Ciganas, Festa do Interior e muitas outras. Nesta edição um número de 24 apresentações, 14 horas de oficinas e os teatros de bar e de bonecos, deram um tempero especial ao evento.


O grande diferencial do quarto Festival de Teatro de SJN apontado pelo líder do GRUTA, Márcio Sabones, foi a importante colaboração de Ney Morais – homenageado do ano passado – na organização do evento. Além disso, Sabones citou as oficinas teatrais da CAB (Cia dos Atores do Brasil), núcleos de Ubá e Barbacena, sob a direção de Beta Silva e Betty Taylor, além da presença de 21 grupos cênicos e a participação inédita de dois grupos na categoria Teatro de Bar. Esse conjunto deu um colorido maior ao festival deste ano, concluiu.


Para Sabones um dos pontos positivos do Nepopó 2009 foi o cumprimento do horário da programação, os problemas que surgiam foram rapidamente resolvidos pela organização. Ele também destacou que foi benéfico o uso do portão dos fundos do teatro, como local de entrada e saída dos cenários e artistas e a disponibilização, por parte da Fundação Cultural de SJN, de faxineiras na parte da manhã.


O líder do GRUTA notou a ausência de autoridades municipais no decorrer do evento e apontou isto como um dos pontos negativos desta edição. Além de citar como o maior equívoco, a liberação da apresentação de um artista, pouco antes da premiação, fazendo uso de palavrões e gestos constrangedores (ao vivo). “Ele pegou toda a organização de surpresa, nós não esperávamos que ele fosse contar este tipo de piada”, declarou Sabones.


O pop rock da Banda Ohana, logo após o contador de piadas, apagou qualquer tipo de constrangimento, sacudiu a platéia e animou os momentos anteriores à premiação.


Alguns grupos colocaram na bagagem quase todos os prêmios de sua categoria. “O acúmulo de prêmios acontecido em certas categorias, é atribuído ao alto nível apresentado pelos grupos, no qual, uma análise mais detalhada é permitida”, esclareceu Márcio Sabones.


Questionado se concordava com a afirmativa de que o ‘Nepopó Féstivao’ poderia ser considerado como o maior evento cultural da cidade de São João Nepomuceno, Sabones, respondeu que sim, pois “trata-se de um evento onde a participação de centenas de artistas, de toda a região da Zona da Mata e de outros Estados, têm a oportunidade de aprender a todo instante com os espetáculos apresentados no palco e nas ruas. A comunidade sãojoanense tem o prestígio de acompanhar os mais variados estilos das artes cênicas em cinco dias e de maneira gratuita. Já é um evento que apresenta uma grande estrutura e que tem um reconhecimento e é referência na área teatral’, declarou.


A falta de apoio e o escasso patrocínio foram apontados como as maiores dificuldades na realização do festival. “É lógico que existem empresários e políticos que dão o devido apoio, mas ainda é pouco diante da proporção do evento. Temos de pedir aos amigos, parentes e à comunidade num todo uma ajuda para a alimentação dos visitantes no alojamento. Doações são recolhidas pelo Ismael e o dinheiro do patrocínio e inscrições fica para pagar as cozinheiras e faxineira do alojamento.


Apesar de todas as dificuldades encontradas em se promover eventos culturais no país, o ‘Nepopó Féstivao’ segue em frente acumulando sucessos em cada edição graças à garra e determinação de pessoas como os organizadores e apoiadores do evento. A quinta edição já está agendada para os dias 2 a 6 de junho de 2010.



Fonte: site www.sjonline.com.br

7 comentários:

  1. Mesmo com as dificuldade apresentadas e que sempre são resolvidas com perfeiçao e rapidez pela organização (GRUTA). O Festival a cada ano que passa fica melhor e mais organizado. É grande a satisfação de voltar para casa, com o sentimento de missão cumprida. Sabendo que acrescentamos muito para os outros e eles para nós. Só Falta realmente o apoio de novos patrocinadores, afinal o movimento da cidade com o Festival traz lucros, e se eles não se consientizarem disto. Perde o Festival, os atores e principalmente a Cidade. Parabéns ao GRUTA pelo belo trabalho. E concordo que a participação do Ney contribuiu muito, não só dele mas todos aqueles que fizeram parte da organização este ano.

    ResponderExcluir
  2. Poxa!!
    Fiquei até com inveja!!Queria ter ido!!
    Não poderia ser ruim com Sabones na organização néh!
    Parabéns a todos que deles partiparam e aos que contribuíram para a realização deste magnífico evento!

    ResponderExcluir
  3. O primor desse Festival em sua quarta edição, primou-se pela organização de princípio na questão dos horários rigorosamente cumpridos, mais em seguida pelo carinho dos organizadores e a Cidade em a Garbosa São João.
    estou feliz por ter participado este ano na qualidade de Ator e de um espetáculo que a Cia. apresentou, MARAVILHOSO! Sou suspeito de falar, porque quando nos ensaios de início, apaixonei-me pelo texto e pelo personagem a que me confiaram e digo ainda que nas próximas edições, deverá a organização preocupar-se com o nível dos espetáculos inscritos, pois assim acarretará uma maior competitividade.
    devemos lembrar sempre e com humildade que: "Nosso trabalho enquanto Atores, não é de exibir o virtuosísmo técnico mas, ao contrário, fazer com que o palco ganhe vida".(Yoshi Oida - Mestre/Ator).

    Mário Galvanni

    ResponderExcluir
  4. Agradeço em nome do GRUTA às palavras de reconhecimento e apoio dos amigos. Mário, como vc mesmo disse, temos de fazer uma seleção no festival, pois tudo indica que o bicho vai pegar nas próximas edições. Perciliara, sinto-me lisongeado com suas palavras e foi uma pena mesmo vc não acompanhar o evento aqui de perto e Angel, obrigado e faça suas minhas palavras no que diz respeito aos patrocínios. Tentamos da melhor maneira possível recebê-los no nosso evento, e dar a cidade o melhor.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  5. Tiooooo... que saudades de todos vocês..
    concerteza foi O festival, uma pena não poder comparecer...
    tô louca pra ir novamente e me divertir novamente com vcs...

    PARABÉNS pela organização e por tudo.. vcs são ótimos...

    saudades de todos.. bjusss

    Danii

    ResponderExcluir
  6. Cia de Teatro Rastro dos Astrossexta-feira, julho 24, 2009

    PARABÉNS MÁRCIO, PARABÉNS AO GRUTA, pelo brilhantismo na organização. Nós da Cia de Teatro Rastro dos Astros fazemos reverências ao ver a garra e tremenda força de vontade desse povo maravilhoso, a família GRUTA,obrigado a todos vocês pela oportunidade e por serem nossos amigos!!!
    Até Breve!!!

    ResponderExcluir
  7. Valeu por tudo gente!
    Adoramos vcs....
    mega beijo

    ResponderExcluir