Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

domingo, 23 de agosto de 2009

"Show do Emmerson Nogueira em São João Nepomuceno"


No sábado, dia 22, aconteceu nos Trombeteiros Country Club mais um mega evento que recebeu o público sãojoanense e de toda região lotando suas dependências para assistir o super show de Emmerson Nogueira e Banda.

Na abertura, Dudú Lima trio, com o melhor do jazz, apresentaram músicas de própria autoria e outras com versões mega interessantes tais como: Brasileirinho, O clube da esquina nº2 entre outros. Dudú é referência nacional deste estilo e todos os anos é o baixista oficial da banda de Stanley Jordan, um monstro sagrado do jazz norte-americano, quando faz sua tourneé pelo Brasil. O trio formado com o sãojoanense Ricardo Itaborahy nos teclados e o juizforano Leandro Schio na bateria, abalaram as estruturas do vermelho e verde num som envolvente e apurado. A platéia delirou com os solos de Dudú, que chegou a descer do palco e solar seu baixo frente as mesas dos convidados. O também sãojoanense Webber Martins deu aquela canja na bateria deixando a galera “enlouquecida” no salão. Foi demaissss! O trio já tem contato por quase 20 anos e no camarim Ricardo lembrou da presença do trio nos principais Festivais do Jazz do Brasil (Rio das Ostras e Ouro Preto) e também da emoção pelos momentos vividos naquela noite.

O show de Emmerson Nogueira e banda começou quando o relógio marcava 00hs48min, e o que assisti foi algo de tirar o fôlego; uma platéia animadíssima e com um coro afinado para acompanhar o filho de nossa terra a frente de sua brilhante banda. Ouvimos Supertramp, The Beatles, Pink Floyd, Peter Frampton, Credence Clearwater, Simon and Garfunkel, Legião Urbana, Queen entre outros grandes sucessos da história da música. A verdade que não havia “uma viva alma” naquele lugar sem se mexer. E o melhor foi a oportunidade de reencontrar alguns amigos que há tempos não os via. De cara, ao chegar no Country, tive o agradável encontro com Betto Vampiro e toda sua troop, inclusive seu filho Luis Gustavo, o qual fomos companheiros de classe no ginásio (hoje, ensino fundamental). No camarim, bater um papo com os amigaços Dudú Lima, Ricardo Itaborahy e Vinícius Nallon. No salão, a presença marcante do Ferdi Rocha, a alegria de Nóia e Marcelo Pitico, a classe e exuberância de Lou Bezerra e a simpatia do casal Antônio José Medina e dona Laís.

Tive o prazer de ser o Mestre de Cerimônias, e tentei caprichar pra valer na locução e no visual (trajando social que lembrou os meninos do CQC - Rede Bandeirantes) rsrsrsrs. Com a missão de apresentar aos shows e ser o porta voz da Paróquia de São João Nepomuceno, agradecemos às pessoas que apoiaram com o patrocínio, disponibilidade de tempo e companheirismo para que o evento acontecesse - lembrando que parte do lucro foi revertida para as obras da Igreja Matriz, que em 2011 completará 200 anos de construção.

Dizer que foi bom demais é pouco para o que aconteceu ontem a noite. São João dançou na noite fria de 22 de agosto de 2009, e entrou no domingo orgulhosa de ter tantos filhos talentosos, que sem dúvida desmente a máxima de que “Santo de casa não faz milagres”!

Valeu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário