Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

segunda-feira, 7 de junho de 2010

"Carta aos participantes e platéia do 5 Nepopó Festivao"

Queridos (as) amigos (as) diretores (as) e representantes.

Pedimos para que repassem aos participantes de seus grupos e/ou Cia de Teatro e Dança o nosso muito obrigado pela brilhante participação no 5 Nepopó Festivao, realizado em nossa Cidade Garbosa nos dias 3 a 6 de junho.

A alegria e o prazer de receber artistas talentosos trouxe-nos a satisfação e conhecimento das diversas técnicas teatrais. Foi um "show de grandes talentos" nos palcos do Festival. Emoções, risos, delírios, surpresas e concentração por assitir a cada um de vocês. Como acontece em todos os anos, tive o privilégio de assistir a todas as peças. E devo dizer: "Que demais", uhuuuu!!!!

A palavra é PROGRESSO, sim, devido ao alto nível apresentado em nosso evento. Tudo foi muito bem trabalhado por vocês: Cenários, figurinos, maquiagens, entonações de voz, posição de palco, cantos, direção, iluminação, enfim tudo mesmo.

Sabemos que alguns grupos não conseguiram êxitos diante de tanta concorrência, mas fizeram o melhor. SUARAM A CAMISA, pois como dizem: 10% é inspiração e 90% transpiração. Parece que hoje pela manhã acordei de um lindo sonho, que havia acontecido em minha pequena cidade, um evento QUE as artes cênicas gritavam bem alto: EXISTIMOS. Agradecidos estamos perante os trabalhos apresentados nesses quatro dias. Como meu avô Juquinha dizia: - "Esse trem foi é bom demais sô!" (risosss)

Como é mágico e deslumbrante o teatro. Garcia Lorca sempre afirmou que mede-se a cultura de um povo, pelo seu teatro. Concordo! Não é com guerras e lutas que crescemos como nação ou pessoas. Muito pelo contrário. A cultura é a cura para um mal que perdura no mundo há anos, séculos, milênios - ignorância.

Existem pessoas que acham que podem passar por cima de tudo e todos (guerras) e fazer da maneira que achar melhor. Não cumprir regras é desrespeito, para tudo existe um regulamento e ele, sem dúvida, no Nepopó Festivao é seguido à risca. Mas, em 2010, algo diferente aconteceu. Alguém ousou em não atender ao regulamento prejudicando não só uma organização competente, que a cada momento atendia a tudo e a todos, mas desrespeitou os outros grupos, a platéia e até mesmo sua própria cidade.

Pulso forte! Sim! Confesso! Minha ação foi ácida, igual a um limão, como diretor não posso admitir que o Nepopó Festivao seja desrespeitado. São cinco anos de luta, responsabilidade e ainda sim, correndo atrás do joio e do trigo. A cada ano mostramos ao comércio local, Poder Público e demais empresas que somos importantes. Gritamos aos ouvidos que o TEATRO tem que viver, custe o que custar. Numa passagem biblica, Jesus Cristo fica irado quando presencia mascates em um antigo templo. Nem o mais sereno dos homens que viveu nesse mundo pôde aceitar tal brutalidade, e eu, pobre mortal, aceitaria uma falta de respeito ao evento e ainda mais seguido de um cinismo insuportável.

Apontar o dedo! Que isso! O que somos? Pressão? Será possível que uma pessoa que diz ser diretora de teatro não saiba o tempo de seu espetáculo? Mais ou menos 1 hora? Mas se esse peça durar 1 hora e cinquenta minutos? Já seria mais ou menos 2 horas, não? É pra dar risada, agora! Mas quando você tem de prestar contas aos próximos grupos, aqueles que apresentam logo após esse desastre, o que dizer? Dica? Sinto muito! Desculpe! Porque confiamos em uma pessoa irresponsável, tanto que atrasou toda uma grade de apresentações, mas que não tirou o brilho desses espetáculos. Naquela sexta-feira, fechei a porta do teatro às 1:05hs da manhã, era pra ter acontecido às 11:30hs.

Todos entenderam minha atitude. Graças a Deus! Senti mal como a Jesus no mercado, lavei minha alma com orações e a consciência que posso contar com todos vocês. O 5 Nepopó Festivao - Troféu Sueli Marchiori Nunes foi maravilhoso. Aplausos para a festa do TEATRO.

Carpe Diem!

9 comentários:

  1. Vamos lá!

    Em primeiro lugar, um artista não pode PREJUDICAR outro artista trabalhando. Em 2º lugar, a peça anterior saiu do palco às 17:55hs. (Vale a pena lembrar que mais de 30 atores estavam sentados no chão do palco e precisamos pedir licença para arrumar o cenário). O horario da peça deveria ser 17:10 hs para que os 30 minutos restantes fossem só para arrumar nosso cenário e os atores colocarem suas primeiras roupas. Nosso horário era 17:40hs. Sendo assim a peça anterior saiu 45 minutos depois e ninguem foi la PRESSIONAR para que nos pudessemos entrar.

    Cerca de 30 minutos de peça,um rapaz da produção ( com cerca de 16 anos), mandado por alguem, obviamente, sobe no camarim e nos avisa que estamos DESCLASSIFICADOS e que temos de correr com a peça. Calma ai, "CORRER COM A PEÇA?" Realmente é de muita seriedade e competência mandar alguem falar isso pra ATORES. Quem mandou ele fazer isso, nao tem a menor noção do que é TEATRO. Mesmo assim, demos um jeito (ASSASSINANDO O TEXTO) e fomos direto ao final.

    Como se esse DESRESPEITO não bastasse, o locutor do evento se irritou e tentou AOS GRITOS desmoralizar a diretora do grupo na frente de cerca de 25 pessoas que estavam na sala principal de entrada do Centro Cultural. Atitude de pessoa "RESPEITÁVEL", É CLARO.

    Nosso erro: Colocar na ficha de inscrição mais ou menos 60 minutos de duração. Deu 1h e 55 minutos , como disse anteriormente, ASSASSINANDO TEXTO E CORTANDO PÁGINAS, mas mesmo assim, PRESSIONADOS, corremos. Este foi nosso erro sobre a duração da peça. Mas preciso ressaltar que os outros dias finais teve atraso de peças.

    Poucos dias antes, falamos com 2 pessoas da produção que iriamos ultrapassar e mesmo assim, fomos desmoralizados por alguem que se diz uma pessoa seria, e respeitável. Abusando de sua AUTORIDADE. Argumento de uma atriz do grupo: "Se fossemos de fora, com certeza ele não faria isso. Vamos combinar, que é a mais pura verdade.

    Vale lembrar tambem que fomos super elogiados, inclusive pela homenageada, que disse não ter sentido demora na apresentação.

    Gostaria de finalizar agradecendo a todos que admiram o nosso ÁRDUO trabalho, e dizer que em breve vcs terao a oportunidade de ver nosso espetáculo na íntegra!

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  2. O mais engraçado é todos acharem que mais ou menos uma hora corresponda a 1 hora e 55 minutos. O fato é que temos um regulamento, e nele diz que acima de 1hora e 30minutos a peça será desclassificada.

    O aviso da produção foi qdo deu 1hora e 30minutos da peça, não em meia hora como disse a moça acima.

    Minha atitude foi ácida devido ao descaramento de uma pessoa dizer que 1 hora e 1hora e cinquenta minutos é a mesma coisa. Poderia ser assim com o salário né... R$ 515,00 ser igual à R$ 1.100,00. A diretora sabe que pecou e muito. Uma diretora de teatro tem de saber o tempo de sua peça. Se entrou no palco às 18:00hs tinha de terminar às 19hs,é simples, matemática.

    Não existe discursão nesse assunto. A respeito!? Sim, concordo, tem que ter. Mas até qdo alguém nos respeite tb. Eu respeito todas as pessoas, eu cumpro o meu papel de cidadão e não atoa que NUNCA tive problema com outro grupo do Festival. Poderia ser de qualquer cidade, se não cumprir é penalizado.

    O dia de sexta feira terminamos o expediente às 1hs da manhã, era para ter acontecido às 11:30hs. è só fazer a conta = 1hs 30 min de atraso. Soma-se 50 min para a peça eliminada.

    Na quinta foi apenas 25min de atraso.
    No sábado foi apenas 45 min de atraso.
    E domingo foi 1hora de atraso.

    O problema é: a ficha foi entregue de maneira INCORRETA, não somos os errados.

    Mas o Festival foi sucesso. Os grupos Teatrando e Elas por Elas de SJN forma convidados para participar com seus espetáculos no Festival de Teatro de Alfenas, bom né...

    O incopetente organizador do Festival, como estão dizendo...rsrsrs... fará parte do júri do FACE 2010, o 2º maior evento teatral de Minas. Bom tb né...rsrsrs

    Beijos a todos e até o 6º Nepopó Festrivao

    ResponderExcluir
  3. é isso mesmo Sabones, apoiado!
    Esses amadores tão achando o que. Eu estava lá no Festival e assisti a tudo. Vi o seu desespero qdo a peça não terminava, sentei ali perto de vcs e vi sua discursão na portaria com a moça. Vc tava cert cara tem q por ordem na coisa, mesmo pq a peça nao acabava e desculpe a sinceridade tava apelativa e muito ruim. Nossa aquela hora q ficou o casal cantando aquelas musicas ao vivo parecia q não ia acabar. Eu vi o trabalho deles no ano passado,foi de tirar o chapeu com o revolucionario Butoh, mas esse amor na internet pqp, ninguem merece.

    Sabones é isso mesmo, tava no programa 1hora e não tem q ser 1hora e 50 não.

    parabéns pelo festival

    ResponderExcluir
  4. Deborah Souza disse...

    Oi gente, sou de JF e adorei o Nepopó Festivao. Fomos muito bem recebidos por todos. Estou registrando apoio ao Sabones e a galera da organização e vcs que estão reclamando, faz favor: Apresentem um trabalho descente. Eu assisti a essa peça do namoro na internet, meu deus, muito longa, apelativa e sem graça demais. Turma! Se vcs acham q é fácil, organizem um festival pra vcs.

    Bjs e parabéns Sabones, é isso mesmo, tem que colocar ordem pq a coisa é séria.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pelo apoio galera.

    E até o 6º Nepopó Festivao...

    Bjs e viva o teatro!

    ResponderExcluir
  6. Marina Marchiorisábado, junho 12, 2010

    "Apelativa e sem graça demais"???????????
    Ate onde eu vi, ou melhor, ouvi, pq estava no camarim, as pessoas estavam rindo demasiadamente. Ou seja, 95% estava gostando. O "casal" que estava cantando musicas ao vivo, ensaiou durante dias pra que saisse bom. Se estava tão chato assim, vcs poderiam ter feito como os JURADOS fizeram. Levantar e sair. Assim como eu faria,ao invés de ficar debochando do trabalho alheio.

    Já admitimos aonde erramos. Admita aonde vcs erraram.

    Foi de uma tremenda falta de respeito e abuso de autoridade sim, gritar com uma diretora que ralou pra CARAMBA, assim como vc, pra realizar um sonho.

    PS: Boa sorte no júri do FACE 2010. Quem sabe lá vc não aprende alguma coisa? ;)

    ResponderExcluir
  7. kkkkkk
    Eu acho q vcs deveriam ter apresentado minha briga na internet, tá mais engraçado;Estávamos rindo (ou melhor) debochando mesmo. Esse povo deveria aprender a fazer comédia primeiro. Ah! Eu levantei sim e fui embora como mais da metade do teatro que estava lotado fez. E meu voto no júri popular foi 5,só não foi 0, 1 ou 1,5 pq 5 era a nota minima. Vcs pecaram feio gente! E tentaram prejudicar o festival, mas advinha! não conseguiram kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Tá bom que foi só uma discusão com sua diretora, se fosse em outros festivais eles teriam desligado a luz e o som, imagina que vergonha!

    Se liga bonitinha, foi muito ruim e o tempo estrapolou!!! Blááááá!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Geraldo Lafayette

    Dá pra ver o nível de vcs né Sérgio!
    O Sabones tem que abolir vcs. Pq vcs não organizam um Festival de vcs heim? Daí a gente poderia ver a credencial que vcs tem, não acha?
    Quem mais reclama, é o que menos faz!
    Tchau.

    OBS: Sabones, GRUTA e Nei- o festival foi maravilhoso,nota 10!

    ResponderExcluir