Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Radical! 3º Etapa do Campeonato de Skate em São João Nepomuceno.

A pista de skate de nossa cidade ficou lotada para curtir um esporte radical. Na tarde de sábado (20/11), São João recebeu skatistas de Juiz de Fora, Bicas, Rio Pomba e Ubá para a disputa da 3º Etapa do Campeonato regional.



O evento teve a excelente organização dos jovens Tiago Machado e Edgar Gelo (amantes e praticantes do esporte). Em conversa com nossa reportagem desabafaram da dificuldade de promover um evento deste esporte no nosso município.

“... por muitos anos as pessoas acham que skate é coisa de nóia (drogados), mas vocês são testemunhas e podem ver o nosso evento. Sem drogas, brigas e etc... aqui só tem o skate, o prazer de andar e subir nas rampas ...” – Tiago Machado ao microfone, na apresentação do evento.

A competição

Duas modalidades foram disputadas: Mirim (até 15 anos) e Open (acima de 16 anos). Na Mirim 13 skatistas e na Open foram sete. O duelo foi na pista de street, localizada na Avenida Carlos Alves, próximo ao Center Moda. Debaixo de um calor de quase 40º C, a garotada não economizou nas manobras e “arrancava” gritos da platéia pelo sucesso dos movimentos. Os jurados eram skatistas mais experientes que marcavam presença e nãofoi moleza decidir quem venceria.



Nepopó City foi muito bem representada e conseguiu os 4º e 5º lugares na Mirim com André Itaborahy (Dedé Machado) e Juninho Zagre (suicida), respectivamente. Na categoria Open os sãojoanenses conseguiram a 3º e 5º colocações com Renato e Felipe. O auge da competição ficou para as últimas voltas da final do Open. Joãozinho (JF) tirou da cartola uma manobra que fez os presentes enlouquecerem - saltou da pirâmide e escorregou no corrimão do outro lado, mantendo uma altura e velocidade altíssima - acertou o movimento na sexta tentativa (tudo ou nada). A galera invadiu a pista e abraçou aquele que sem dúvida venceu a categoria!

Resultados


Os vencedores: Grete (Mirim), Tiago Machado (organizador) e Joãozinho (Open)

* Além de troféus e brindes, o 1º e 2º colocado de cada categoria recebeu prêmio em dinheiro – 1º lugar R$ 70,00 e 2º lugar R$ 30,00.

Mirim:

1º lugar: Grete – Rio Pomba
2º lugar: Biel – Bicas
3º lugar: Dentinho – Ubá
4º lugar: Dedé Machado – SJN
5º lugar: Juninho Suicida – SJN

Open

1º lugar: Joãozinho – JF
2º lugar: Nicolas – JF
3º lugar: Renato - SJN
4º lugar: Tutuca – JF
5º lugar: Felipe – SJN

O pedido

Durante a competição, os organizadores informaram de uma provável reforma daquela pista de skate. Estavam colhendo assinaturas dos presentes para um abaixo assinado, com o objetivo de apresentar à Prefeitura Municipal.


Tiago confessou ter um projeto em mãos, no qual a pista ganharia uma rampa oval, novos obstáculos; além de manutenção e pintura. Concordo que a reforma é viável e possibilitaria um desenvolvimento ainda maior aos atletas. Visto que mesmo sem as reformas desejadas, o resultado tem sido positivo nas participações em todos os eventos de skate.

Concluindo

Foi ótimo passar à tarde de sábado ao lado dessa galera. A platéia animadíssima e ligada a cada manobra. A organização o nosso muito obrigado pela recepção, nota 10. Aos meninos participantes, show de bola! Todos são ótimos, fiquei “viajando na maionese” pela coragem e ousadia nos movimentos. Confesso que era difícil dizer quem venceria.

A única coisa que deixou com medo era a falta de proteção (joelheiras, capacetes, cotoveleiras), mas todos se esquivavam bem e deram seu show. É preciso apoiar, acreditar nesses garotos – não virar a cara e dizer que são malucos, bagunceiros e drogados. Isso não é verdade. Pais como Robson Zagre e esposa acompanhavam o filho Juninho, assim como a mãezona do Matheus, Meire, curtindo o momento pra valer.



Sabe porque devemos apoiar o esporte? Ele é vida, qualidade, alegria, inclusão e o principal: forma pessoas honestas que conhecem a vitória e a derrota e desde cedo ensina a lidar com o sucesso e o fracasso.

Galera! Que energia da juventude (U-hu!!!), e o ritmo das músicas (demais). A linguagem – que loucura, parecia q estávamos nos EUA com tantos nomes em inglês. Tiago caprichou na narração. Chamou me à atenção a amizade e união dos participantes, que mesmo adversários vibravam com o sucesso da manobra do outro, batendo o skate no chão, uma reverência dessa galera.

Tiago gritava: Vamos fazer barulho! Vamos quebrar tudo! Não era rebeldia e sim uma maneira de dizer: Platéia e atletas, quero o melhor de vocês! E ele conseguiu, com certeza. Parabéns galera do skate de São João Nepomuceno! Foi lindo!

2 comentários:

  1. Obrigado amigo.
    Tô feliz pela sua participação em nosso blog. Qdo quizer fique à vontade para comentar e publicar.
    Abraçosao grande radialista esportivo de nossa cidade.

    ResponderExcluir