Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Auto de São João Nepomuceno encanta plateia

Em cena Luís Felipe Varotto (santo) e Everson Rezende (Rei Wenceslau)
Na comemoração do padroeiro, São João Nepomuceno, santo que dá nome a esta pequena cidade de aproximadamente 26 mil habitantes da Zona da Mata Mineira, a Cia de Teatro Novos Horizontes, que por mais de 30 anos está em atividades artísticas na cidade Garbosa apresentou “o Auto de São João Nepomuceno”, na inauguração do novo Espaço Cultural da cidade, que está anexado ao Museu Histórico no antigo prédio da Convés, na noite de véspera do dia 16 de maio, feriado municipal.  


Imagem de S. J. Nepomuceno
Um espetáculo que conta a história do mártir do padre Yan Nepomuk, servo de Deus que viveu no séc.XIV na República Tcheca, e por fidelidade à Igreja Católica em não revelar os segredos da confissão da Rainha Joana, ao Rei Wenceslau foi condenado à morte.

João Nepomuceno teve a língua arrancada e foi esquartejado, e as partes de seu corpo atiradas ao Rio Moldávia, este que corta a capital Tcheca, Praga. Segundo a história, pescadores encontraram os restos mortais do padre quando uma forte luz, do fundo do rio emergiu os restos mortais do santo. Diversas testemunhas presenciaram o momento, e o corpo de Yan Nepomuk foi sepultado naquela cidade.

O diretor da Cia de Teatro Novos Horizontes, Ney Morais foi o responsável pela montagem e adaptação do espetáculo que tem cerca de 30 minutos de duração. Na plateia, as autoridades do município, o prefeito Célio Ferraz, a vice-prefeita Dulcinéa Reggi Barbosa, os vereadores Francisco Baptista de Oliveira e Heraldo Gruppi acompanharam junto ao Embaixador da República Tcheca no Brasil, Jiri Havlik e a esposa, a Embaixatriz, Hana Havliková eo espetáculo.

Espetáculo contou a história do santo padroeiro e sua morte
“Fizemos apenas quatro ensaios. Foi tudo muito corrido, pois [a pesquisadora] Maria do Carmo Sobreira solicitou a peça, que juntos organizamos na feira iconográfica do santo em 2003. Do elenco original, apenas Everson Rezende continuou e daí, usei novos atores de minha companhia. Pelos aplausos, todos gostaram do que viram”, disse o diretor, Ney Morais.

Ao final da apresentação teatral, o Embaixador e a Embaixatriz fizeram questão de cumprimentar o elenco e confirmaram que gostaram muito do que assistiram.

Embaixador e Embaixatriz com autoridades locais e elenco do Cia Novos Horizontes

(Em breve vídeo com trechos do espetáculo)

Por Márcio Sabones

Fotos: Márcio Sabones

Nenhum comentário:

Postar um comentário