Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

sábado, 2 de julho de 2016

Contadores de SJN e região em curso de contabilidade digital

Instrutor Ronaldo e turma do curso (Foto: Márcio Sabones)
Diante de um cenário de dúvidas políticas e econômicas, com a possibilidade de uma nova dinâmica no mercado nacional e mundial, com uso de novas tecnologias e códigos fiscais trouxe para São João Nepomuceno, o curso de SPED ECF (Sistema Público de Escrituração Digital de Escrituração Contábil Fiscal), com o instrutor de Belo Horizonte, Ronaldo Borges Simões, contador, mestre em gestão e inovação organizacional, durante a manhã e tarde de terça-feira (28), no plenário da Câmara Municipal e formou uma turma com 28 pessoas com contadores de São João Nepomuceno, Juiz de Fora, Guarani, Mar de Espanha e Bicas.



Instrutor acompanha explicação de técnico
em informática, Vaguinho (Foto: Márcio Sabones)
Pela primeira vez na cidade, o instrutor disse que o encontro para o curso é de extrema importância para a região. “Temos profissionais de cinco cidades aqui e as discussões, os debates e questionamentos do curso foram válidos e proveitosos. Gostei muito do que ouvi e conversei com eles. Estão interessados e preocupados com o que pode acontecer nos próximos meses e anos, e o mais importante, abertos para as mudanças que com certeza chegaram ao mercado”, comentou Ronaldo que ainda ressaltou do principal objetivo do encontro. “O prazo de entrega da SPED ECF acontece no último dia útil do mês de julho; e todas as empresas optantes pelo Lucro Presumido e as entidades imunes e isentas são obrigadas a entregar a referida declaração. Demos um norte a todos os participantes e juntos conhecemos diversas ferramentas para auxiliar o trabalho nos escritórios”.

Curso aconteceu no plenário da Câmara Municipal de São João Nepomuceno (Foto: Márcio Sabones)
Fato este, que foi convidado também para participar do curso, um programador de softwares são-joanense que palestrou sobre as tecnologias que já foram, são e serão utilizadas para os serviços contábeis. Também em conversa com a nossa reportagem, os contadores Luis Carlos Barbosa e Sebastião França disseram da iniciativa em trazer o curso para São João Nepomuceno, pois facilitou suas participações, visto que estes cursos acontecem em grandes centros, e os gastos com hospedagens, alimentações e combustíveis ou passagens tornam inviáveis para participar. Além da economia, a comodidade de estar próximo de casa. 

“Nossa cidade deve ter aproximadamente 40 contadores em atividade, alguns em trabalhos diretos com empresas de grande porte e escritórios que trabalham com pessoa jurídica (grande, médio, micro-pequeno) e pessoa física. Para alguns, o curso de hoje não atenderia, pois este está focado para relações com médias e grandes empresas, mas já estamos pensando em organizar um curso para os outros contadores de micro-pequena empresa e pessoa física. Acreditamos que assim conseguimos fortalecer nossos profissionais para um trabalho ainda melhor”, comentaram os contadores França e Barbosa.

Por Márcio Sabones
Fotos: Márcio Sabones

GALERIA DE FOTOS











Nenhum comentário:

Postar um comentário