Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Laluce é homenageado com vestiário e jogo de Master do Vasco e União de Roça Grande

Duas equipes perfiladas para a partida comemorativa em Roça Grande (Foto: Márcio Sabones)
Homenagem a um homem que fez do futebol,um estimulo para criar sua família e ser admirado com unanimidade por moradores do distrito de Roça Grande, São João Nepomuceno e região. Foram 75 anos de vida do saudoso Elias Ayupe Nassif, o Laluce, filho dos comerciantes Jorge Camilo Ayupe e América Nassif Ayupe até sua morte, no dia 9 de outubro de 2013. Ele seguiu a profissão dos pais e também foi comerciante, ex-jogador, treinador e dirigente do futebol do União de Roça Grande.


Vestiário do União de Roça Grande
O homenageado teve o seu nome lembrado para sempre, ao lado do gramado em que jogou por toda vida, com a inauguração do vestiário do time da Chaminé, na manhã do último domingo (28). Na entrada, uma placa e os dizeres. “Tive a chance de fazer da vida o que mais gostava de fazer: jogar futebol e promover os jogos. Fui feliz e fiz pessoas felizes”.

Laluce citava aí, a alegria de tornar este esporte uma paixão pessoal e dos roçagrandenses, quando conquistou o incrível título municipal de 1973, batendo os poderosos “Botafogo, Mangueira e Operário” – favoritos da época. Por lá, ensinou seus filhos e outros jovens a praticar o esporte mais querido do Brasil.Ao lado da esposa Maria do Carmo construiu uma família com seis filhos: Toni Ayupe Tamiozo, Ana Lúcia Ayupe Tamiozo, José Jorge Ayupe Tamiozo(Zeca), Eduardo Elias Ayupe Tamiozo, Marco Aurélio Ayupe e Sarah Ayupe Nassif. Pessoas do bem e respeitadas em suas profissões na cidade.

Marco Ayupe lembra do pai Laluce
O filho caçula, Marco foi profissional pelo Vasco da Gama, time de coração do velho Laluce que acompanhava e exibia orgulhoso em quadros e murais, em seu antigo bar, os recortes de jornais e fotos da carreira filho com a camisa 2 cruzmaltina. Para comemorar essa trajetória de vida, entre autoridades, jogadores do Vasco e União (Master) imprensa, moradores e visitantes naquela localidade acompanharam o emocionante depoimento do filho Marco Ayupe que agradeceu a vinda dos amigos do time carioca e da importância do pai, no papel de chefe da família. Marco ainda disse de sua infância com os irmãos jogando bola naquele campo e explicou da ausência da mãe, Dona Maria que estava recuperando de uma cirurgia e não pode comparecer. 

O amigo da família e jogador do time campeão em 1973, Arruda exaltou a liderança e companheirismo de Laluce na época, o secretário municipal de Obras, o engenheiro Heric Barbosa Albertoni, responsável pela obra agradeceu aos funcionários que atenderam e trabalharam com dedicação no prédio.
Ex-jogador Arruda do União FC presta homenagem ao lembrar de Laluce
Em seguida, o jogo comemorativo entre os times máster de União de Roça Grande e Vasco da Gama com a presença dos filhos de Laluce: Zeca e Eduardo no time da casa e de Marco relembrando os tempos vascaínos. Os jogadores de Roça Grande prestaram homenagens ao Laluce, e todos vestiam a camisa oito e com o nome dele estampado nas costas.

Marco que sempre atuou com a camisa número dois do Vasco, desta vez vestiu a oito, o número do pai. “As duas paixões de meu pai no campo que ele sempre amou. É o sonho dele sendo realizado”, disse a filha caçula Sarah nas redes sociais. O que ninguém esperava era o placar. Vasco venceu por 7x0. Entre os jogadores do Vasco estiveram: Willian, Zé Luiz, Azul (goleiro), Alex Pinho, Tinho, Celso, Zé Vitor, entre outros.

Por Márcio Sabones

Fotos: Márcio Sabones

GALERIA DE FOTOS








































Nenhum comentário:

Postar um comentário