Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

2º Encontro de trilheiros em São João Nepomuceno


Motociclistas enfrentam desafios em rios e matas (Foto: Organização)

O objetivo era concluir os quase 50 quilômetros de percurso por trilhas na Zona Rural de São João Nepomuceno. 


A largada do sítio do Aleusson, às margens da rodovia MG 126, que liga as cidades de SJN e Rio Novo, mas ninguém pegou o asfalto e sim a mata por trás do sítio, passando pela região do Perquisinho, atravessando rio, lamas, buracos, morrinhos e tudo aquilo que faz uma trilha valer a pena e seguiu próximo ao Clube Campestre Democráticos, Anel Rodoviário, uma passagem por ruas da cidade rumo a região do morro das Torres e daí por estradas de chão e trilhas até o povoado de Araci. 

Com esse percurso de ida e volta ao sítio, aconteceu o 2º Encontro de Trilheiros de São João Nepomuceno que ainda ofereceu café da manhã antes da largada e almoço após a chegada dos 73 motociclistas participantes de SJN, Ubá, Juiz de Fora, Bicas, Rodeiro, Maripá de Minas, Matias Barbosa, Descoberto e Tocantins. 

Alguns trilheiros de SJN
O evento não é competitivo, e sim um encontro e passeio. É o que explica um dos organizadores do evento, Leonardo de Oliveira Dutra de 28 anos de idade. “É um bom momento para encontrar com os amigos de trilha, bater um papo e passear. Muitas pessoas da região vieram prestigiar o evento e posso te dizer que nossa cidade é uma das potências de enduro, off road na região com muitos campeões e líderes nas etapas e rankings. Em 2016 já estivemos aqui em São João empenhados e participando do Enduro, Motocross, Off Road do Asilo, Circuito da Moda e o encontro de trilheiros, além de participar em várias outras cidades. Pode ter certeza, sempre tem um são-joanense por lá”, explicou Léo que ainda agradeceu o apoio dos patrocinadores. “Tivemos mais de 30 empresas apoiando nosso evento, com cotas em dinheiro, com empréstimo de banheiros químicos, gravação de áudio de propaganda, etc. Silvério e eu que estamos a frente deste evento estamos agradecidos pelo apoio, pois sem ele, não teríamos condições de servir um café da manhã, o almoço e o sorteio de prêmios para os participantes. Ou posso dizer que não aconteceria. Tudo aconteceu da melhor forma e já estamos empolgados para 2017, mas antes disso, a turma de São João promoverá só com o pessoal daqui da cidade, o fechamento de 2016, na segunda semana de dezembro, a última trilha do ano”, finalizou.

Márcio Sabones
(Matéria assinada por este jornalista no jornal Voz de S. João,
edição nº 5480 de 22 de outubro de 2016)
Foto: Organização do evento

Nenhum comentário:

Postar um comentário