Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

sábado, 8 de outubro de 2016

Primeiro semáforo de São João Nepomuceno

Semáforo ao lado do calçadão de São João Nepomuceno-MG (Foto: Márcio Sabones)
No último dia 30 de setembro, os são-joanenses foram surpreendidos com a instalação de um semáforo na esquina das Ruas Fortes Bustamantes, Cel José Dutra e Praça Dr Carlos Alves, ao lado do calçadão, no centro da cidade. 


O local tem um grande fluxo de pedestres, segundo informações do Coordenador da Defesa Civil de São João Nepomuceno, Marco Antônio Barbosa dos Santos (Major). “Observamos que ali era o ponto mais crítico na cidade para a passagem de pedestres, pois em alguns casos, os motoristas e transeuntes não combinavam e daí confusões e engarrafamentos aconteciam. E até mesmo o perigo para atropelamentos”, observou Major que ainda informou-nos de que a Prefeitura pretendia fazer a compra de cinco semáforos para a cidade, mas que apenas este foi comprado, até mesmo por condições financeiras, por ser compra de recurso próprio. 


A Prefeitura fez a compra deste semáforo completo pelo valor de R$ 20.700,00 (vinte mil e setecentos reais), em pregão presencial nº 079/2016 – processo 140/2016, tendo como vencedora a empresa Farol Sinalização Viária Ltda da cidade de Três Corações (MG). 

Período de instalação do semáforo
Em contato com o diretor de departamento da Prefeitura, Leonardo Araújo Ribeiro, o objetivo desta compra e instalação é para organizar o trânsito no local e observar como a dinâmica de pedestres e veículos funcionará, além é claro, do fluxo do trânsito e se é viável e possível a instalação de novos semáforos na cidade. Por falar de fluxo de trânsito, São João Nepomuceno tem cerca de 26 mil habitantes e uma frota de 9.598 veículos (entre carros, motos, caminhões, ônibus). 

Os dados da frota foram disponibilizados pela Administração Fazendária Estadual (atualizado em agosto de 2016) com sede neste município. “Além deste aumento populacional e da frota nos últimos anos, temos outro problema que vem da forma que as nossas ruas foram projetadas, no centro, por exemplo, em sua maioria da primeira metade do séc. XX, onde usavam charretes, cavalos, etc. Daí, elas são curtas e com intenso trânsito de carros e de pedestres”, explicou Leonardo.

No caso do semáforo recém instalado, o tempo das luzes programados em 15 segundos livre para pedestres e 30 segundos para os veículos possibilita um bom tempo para travessia de pedestres e veículos, segundo o responsável pelo CONSEP (Conselho de Segurança Pública), o sr. Walter de Moura Vogt que trabalha diretamente no trânsito da cidade. “Ainda estamos em fase de observação deste semáforo. Não podemos ser precisos em dados, pois ainda vejo que alguns pedestres encontram dificuldades para entender a dinâmica do sinal, mas aos poucos vão compreendendo. Em São João definimos como horário de rush entre segunda a sexta-feira, em três horários: 7h30 às 8h da manhã, 11h às 12h30 e das 16h30 às 18h. Sei que a Prefeitura ainda pretende instalar outros, e logo digo que alguns lugares teriam de ser imediatamente, como a esquina dos Correios (Ruas Cel José Dutra e Péricles Vieira de Mendonça) e outros dois temporizadores, na Praça Cel. José Brás, sendo também a colocação de faixa de pedestre única, ao invés de duas, no centro da praça (em frente a estátua)”, citou. Walter ainda disse da esquina da Praça do Chafariz e na esquina das ruas Prefeito Camilo Ayupe, Dr. João Couto e Alcebíades Valente.

Márcio Sabones
(Matéria assinada por este jornalista no Jornal Voz de S. João,
edição nº 5478 de 8 de outubro de 2016)
Fotos: Márcio Sabones
GALERIA DE FOTOS








Nenhum comentário:

Postar um comentário