Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

PHN Zona da Mata – Encontro de religiosidade e resgate em SJN

Missionário da Canção Nova pela primeira vez na cidade em emocionante evento com diversas paróquias da região
A Associação da Divina Misericórdia com o apoio das Paróquias São João Nepomuceno, Sagrada Família e a Forania São Vicente (diversas paróquias da região) promoveu o 1º PHN – Zona da Mata, em evento realizado na quadra poliesportiva e pátio da Escola Municipal “Cel José Brás”, durante todo o domingo (10). 


Missionário Dunga da Canção Nova
A organização registrou cerca de mil pessoas no evento que trouxe o missionário da Canção Nova, Dunga – um dos fundadores desta importante representação católica iniciada pelo projeto do padre Jonas, quando Dunga era um jovem usuário de drogas. Naquela época, o padre fez uma proposta aos jovens de um ano para Deus, quando serviram a fé pela evangelização, trabalhos, músicas, etc. Dunga foi salvo e a partir disso seguiu trabalhando e hoje é referência no trabalho de recuperação de usuários de drogas e alcoólatras. Diante dessa experiência, Dunga fez o uso da metodologia dos Narcóticos Anônimos e dos Alcoólicos Anônimos que é o PHN que quer dizer “Por hoje não” e assim faz uso da frase: “Por hoje não, por hoje não vou mais pecar”, uma forma pedagógica de viver na espiritualidade no combate ao mal interior ou externo naquele dia, sem grandes promessas para o futuro, apenas dia a dia.

Diante do sucesso e importância do evento conversamos com diretores da Associação da Divina Misericórdia SJN, Anderson Amaral e um dos organizadores do evento, Ricardo Itaborahy sobre a metodologia do encontro.

“A importância do evento está em propor ao jovem uma direção, apontar uma forma, um estilo de vida saudável com Deus e afastado daquilo que pode ser mal pra vida dele. Muito importante a presença do Dunga da Canção Nova, ele que é uma referência na evangelização da juventude. Tem um programa na TV Canção Nova onde sempre leva testemunhos de recuperação das drogas, e ele mesmo é um testemunho, pois também passou por elas. E também a presença dos outros dois pregadores que foram o Osnei Ribeiro de São Paulo (ex-usuário e missionário) e a Cristina Ribeiro da Comunidade Resgate de Juiz de Fora”, explicou o presidente Anderson. 

Mais de mil pessoas na plateia com depoimentos, músicas e adoração 
Além de São João Nepomuceno, outras cidades como Ubá, Rodeiro, Descoberto, Bicas, Miraí, Itamarati de Minas, Goianá, Rio Novo, Coronel Pacheco, Mar de Espanha, Maripá de Minas e Juiz de Fora estiveram representadas no evento religioso que também registrou a presença de diversos padres, entre eles o responsável pela Forania de São Vicente, o padre Cláudio de Rio Novo e o padre Anderson Januário, conselheiro espiritual da Associação. 

Para o organizador Ricardo Itaborahy, o evento eleva o nome da cidade como referência. “São João está se tornando referência com a espiritualidade e recuperação de vidas, além de ser uma interessante oportunidade para o turismo religioso com a vinda dessas pessoas, pois pretendemos continuar com os eventos. Abrimos uma reaproximação com a Canção Nova, pois tanto a Associação da Divina Misericórdia quanto a Renovação Carismática dessa cidade tiveram seu despertar espiritual com a Canção Nova, na época, há 20 anos, o trabalho veio do padre Edmilson que na época ainda era seminarista. Hoje com o Dunga, e uma linha de recuperação podemos colher frutos positivos. Existe o PHN nacional, um evento nesse mesmo molde que realizamos aqui em São João é promovido pelo Dunga na Canção Nova, todos os anos que recebe cerca de 200 mil jovens no mês de julho, nas férias”, explicou.

Ainda em conversa com os entrevistados, as informações de que a arrecadação do evento foi positiva. “Servimos almoço e lanches. Tivemos caravanas de fora e conseguimos pagar todos os custos do evento e obter a renda que esperávamos para a Associação. Gostaríamos de agradecer a todos que colaboraram e trabalharam no evento, a ajuda dessas pessoas que impulsionou o encontro” disseram os diretores. Anderson ainda deixou uma mensagem para o fim da matéria. “A importância do que aconteceu não só para a juventude, mas para todos que participaram, está na oportunidade de se viver um momento de fortalecimento da fé e da busca de Deus, com a certeza de que a cada dia podemos vencer os nossos vícios, pecados se nós decidirmos por isso, diariamente e contarmos com a graça de Deus.

 Márcio Sabones
(Matéria assinada por este jornalista no Jornal Voz de S. João,
edição nº 5488 de 17 a 23 de dezembro de 2016)

Fotos: Ass. Divina Misericóridia

Nenhum comentário:

Postar um comentário