Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

segunda-feira, 10 de abril de 2017

“2º Comida di Butiquim” começou em São João Nepomuceno


Pratos de 11 restaurantes e diferentes sabores na competição

Começou com uma animada e rica roda de samba comandada pelo são-joanense Roger Resende, na manhã do último sábado (08), no calçadão da Rua Cel José Dutra o Circuito Gastronômico “Cidade Garbosa”, o Festival “Comida di Butiquim”, tradicional evento que em sua segunda edição apresenta 11 pratos na disputa do melhor prato da cidade, assim como o melhor boteco. 

Depois do sucesso da 1ª edição do “Comida di Butiquim” em 2016, que teve a participação de nove estabelecimentos e vitoriosos como melhor bar “Brasa Gastrobar” e o melhor prato do “Bar do Julinho”, o evento acontecerá até o dia 6 de maio. 

Circuito Gastronômico busca superar sucesso da primeira edição e agradar público em geral
Roda de Samba no comando de Reger Resende
 
A realização é do chef de cozinha Bruno Lobão Barroso com o apoio da Prefeitura Municipal e o Circuito Turístico Caminhos Verdes de Minas e terá a participação dos seguintes restaurantes: 

- “Pé na Cova” (“Croquetes de Aipim” - com Carne Seca acompanhado de molho especial Pé na Cova - Valor: R$ 19,90); 

 - Tropicália Grill (“Batata Tropicália” assada e recheada com frango, bacon e queijos - Valor: R$ 20,00); Laguna (“Franguinho do Laguna” com Polenta Frita - Valor: R$ 21,90); 
 
- KB+1 (“Escondidinho de Mandioca” recheado com linguiça, bacon, requeijão cremoso e creme de ervas - Valor: R$ 7,00 - individual); 
 
- Bar do Julinho (“Bruto, Rústico e Sistemático” – Costela de porco com barbecue de goiabada e Pipoca de torresmo, acompanha farofinha de feijão da mamãe - Valor: R$ 21,90); 


- Kibe Cotta Mauad (“Babaganuche” – Delicioso prato da culinária Árabe, com pasta de de berinjela, alho, pimentões coloridos, azeite, vinagre, cebola e uva passas. Servido com pão sírio - Valor: R$ 15,00);
 
- Carolina Bistrô (“Pernil da Dona Carolina” – assado com molho especial da casa, acompanha jiló frito - Valor: R$ 21,90); 

- Botachopp (“Zambão de Morais” – Linguiça defumada flambada na cachaça Taruana, purê de mandioca, batata doce chips, acompanha vinagrete de pimenta biquinho - Valor: R$ 20,00); 

- Bar do Nei Cachoeira (“Torresmo à Brasileira” – Torresmo de barriga à milanesa com molho de hortelã e limão, farofinha de milho e banana na manteiga - Valor: R$ 21,90); 

- Woodstock Bar (“Costelão do Bebéu” – Tiras de Rojão ao molho de cevada, acompanha caponata e torrada da casa - Valor: R$ 21,90);  

- Brasa Gastrobar (“Pastelzinho, Uai!” – Massa assada coberta com lombo glaceado, cebola picles e molho de capim limão - Valor: R$ 21,90). 

-Laguna (“Franguinho do Laguna” com Polenta Frita -Valor: R$21,9.
 


Contudo, serão julgados: Prato, atendimento, higiene do bar e temperatura da bebida pelo júri técnico (profissionais da gastronomia convidados) e pelo público que consumir os pratos. Desta forma, o cliente receberá uma cédula para dar notas de 5 a 10 para cada item. Os pratos variam preços entre R$ 7,00 a R$ 21,90.



Por Márcio Sabones
Fotos: Márcio Sabones

Nenhum comentário:

Postar um comentário