Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

terça-feira, 9 de maio de 2017

Atriz global visita SJN e contrata trilha sonora para filme




Emmerson Nogueira, Catarina Abdala, Ricardo Itaborahy, Aaron Salles e Sylvia Ramos na casa do músico em SJN
Na última semana, a atriz global Catarina Abdalla, de 58 anos de idade, e com diversos trabalhos na TV, Cinema e Teatro, tendo como destaques papéis como a Cuca do Sítio do Pica Pau Amarelo de 1981 a 1986, e conhecida também pelas personagens Ronalda Cristina em "Armação Ilimitada" e Dona Jô em “Vai que Cola” esteve na casa do músico Emmerson Nogueira para um almoço e ajuste dos últimos detalhes para a produção musical, ou seja, a trilha sonora do seu novo filme “Quando o galo cantar três vezes renegarás tua mãe” escrito e dirigido por Aaron Salles, que também esteve na visita à cidade, assim como a coordenadora de pós-produção Sylvia Ramos.

Em conversa com Ricardo Itaborahy, a informação que a produção musical começará a partir da apresentação do material, e ao assistir o filme junto ao Emmerson Nogueira estarão dando início aos acordes e ritmos.

Atriz no papel de Dona Jô - "Vai que cola"
“O diretor já encaminhou além do filme, uma seleção de músicas, no qual ele pede para que tenhamos que seguir a linha. Essas músicas não serão usadas, servem apenas de exemplos próximos que o diretor deseja.

Deste ponto, começamos a encontrar o som, produzimos e mostramos para eles para aprovação e aí sim, o trabalho”, explicou Ricardo que ainda comentou sobre a vontade de trazer a atriz em São João Nepomuceno em outras oportunidades, para participar de alguns eventos. 

A atriz foi gentil e educada durante a visita. Conversou sobre o trabalho no filme e fotografou vários visuais de nossas serras e belezas são-joanenses do alto da região dos Núcleos. Durante a tarde, o anfitrião apresentou o estúdio e a área do sítio, muito elogiado pelos visitantes. A data do lançamento do filme ainda será divulgada, e com certeza, a cidade estará atenta para curtir o talento musical de nossos conterrâneos e dos artistas do cinema nacional.

Por Márcio Sabones 
(Matéria assinada por este jornalista no
Jornal Voz de S. João, edição nº 5509)

Um comentário:

  1. Será que vai ser música dele dessa vez!!! Kkkkk

    ResponderExcluir