Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

domingo, 4 de junho de 2017

Operário FC é campeão da Copa Máster Regional de Futebol


Emocionante decisão nos pênaltis com o Social em Pirauba e “verdão” volta a ser campeão regional

O título de campeão da 5ª Copa José Jorge Ayupe Tamiozo de futebol Máster Regional foi conquistado no último domingo (04), em uma emocionante decisão entre Operário FC x Social em Pirauba. 

No jogo, a vitória do Social pelo placar de 2x1 (gols de Rildo; 45’1º tempo, Somália 22’ 2º tempo para o Social e Edinho 37’ 2º tempo para o Operário). Com este resultado, a decisão foi para a disputa dos pênaltis, pois o Operário havia vencido o jogo de ida em casa por 3x1. Pelo regulamento da Liga de Futebol de São João Nepomuceno, organizadora do evento, não tem saldo de gols. 

Desta forma, as equipes iniciaram as cobranças que na primeira série ficou no 3x3: Pelo Operário marcaram Edinho, Robson e Gustavo e desperdiçaram: João Júnior (fora) e Cássio Bililiu (defesa do goleiro Cachorrinho). Pelo Social marcaram: Barata, Fábio e Somália e perderam Nenem (defesa do goleiro Carlos) e Ronald (fora). Na primeira série de cobranças alternadas, o Operário FC saiu vencedor com a cobrança convertida pelo atacante Alan e o chute para fora do jogador Willian do Social. 

O grito de campeão regional voltou a ser comemorado pelo torcedor auriverde de São João Nepomuceno que também levantou a taça de campeão da Zona da Mata adulto em 1978. O goleiro Carlos em entrevista disse que estava muito feliz pela conquista e que chega de vice-campeonatos em regionais, pois esteve em três ocasiões com o Núcleo Esportivo (2012, 2014 e 2016) perdidas em disputas de pênaltis pelo campeonato adulto. 

O goleiro agradeceu o treinador do projeto do Núcleo, Marco Ayupe pelos ensinamentos e comemorou junto aos companheiros de gramado. O auxiliar técnico do Operário, o estreante Anderson “Bezerrão” quase sem voz dizia da importância de seu pai, Anísio Estevão que também foi treinador na cidade e fonte de inspiração para o seu trabalho. 

Agradeceu os amigos, a família e a todos que acreditaram no “verdão” na competição. No evento de premiação, o troféu de goleiro menos vazado para Cristiano (Operário), Barata e Rildo do Social foram os artilheiros com 6 gols cada. 

Com boa arbitragem de Márcio Dias auxiliado por Haroldo de Souza e José Márcio Souza Dias, o Social jogou com Marco Antônio “Cachorrinho” no gol; Neném, Willian, Tzil e Batata; Zaquel, Fábio, Barata e Jackson (Ronald); Somália e Rildo (Joelson) Técnico: Sebastião Popota.  Operário: Carlos (gol); Luís Sérgio, João Júnior, Rogério e Lélis; Robson, Marcelinho (Cássio Bililiu), Geraldo e Edinho; Wágner (Kadanha) e Alan. Técnico: Odair Nunes, auxiliar Anderson “Bezerrão”.

A campanha do título

A única derrota do Operário na competição foi justamente no último jogo da final contra o Social. Foram 7 jogos, 3 vitórias, 3 empates e 1 derrota. O Operário marcou 12 e sofreu 11. Confira os resultados do verdão:

Independente JF 2x3 Operário
Operário 1x1 Social
Social 1x1 Operário
Operário 5x1 XV Novembro
XV Novembro 3x3 Operário
Operário 3x1 Social
Social 2x1 Operário

Por Márcio Sabones
Fotos: Eduardo Ayupe

Nenhum comentário:

Postar um comentário