Blog do Sabones - Expediente

Blog do Sabones - Expediente

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

"Como começou o Baile do Hawai do Campestre Democráticos"


O Clube Campestre Democráticos de São João Nepomuceno por todos os anos fica com a responsabilidade de promover o "Baile do Hawai", o abre alas do carnaval da Garbosa. Coletamos fontes do site www.sjonline.com.br e postamos em nosso blog.
A primeira “Noite do Hawaii” foi realizada no dia 5 de abril de 1980, um Sábado de Aleluia. Inspiradas na Ilha da Fantasia - seriado americano da época - Dione Paes e Renée Cruz, sempre estavam em busca de novas atrações que pudessem agitar as noites de São João e visando arrecadar fundos para o Clube Carnavalesco Democráticos resolveram colocar em prática a idéia de recriar uma Ilha Tropical na sede do Campestre.
Muitas frutas, muitas flores, folhagens, muito improviso e criatividade fizeram da ‘1º Noite do Hawaii’,
um tremendo sucesso. As pessoas na época, entusiasmadas com a idéia compareceram em peso vestidas de Havaianas ou usando sarongs. A piscina enfeitada com balões e bóias floridas causou um grande impacto. A animação ficou por conta do conjunto de Luiz Quirino de Freitas, pelos cantores Traul e Bolinha, Elpídio, no trombone, e seu filho, no pistom. A ‘2ª Noite do Hawaii’ foi embalada por uma forte chuva, as organizadoras tiveram uma série de problemas com a decoração destruída pelo mau tempo, mas outra vez a criatividade e a disposição de Renée e Dione entraram em ação e a 2ª Noite também fez um enorme sucesso. A partir daí, a "Noite do Hawaii" e depois "Baile do Hawaii", começou a fazer parte do calendário de eventos do clube tornando-se um sucesso insuperável. Promover algum evento na cidade, no mesmo dia do Baile do Hawaii virou sinônimo de fracasso.
Em 1984, a "Noite do Hawaii" passou a ser realizada um sábado antes do Carnaval e se transformou no "grito" de Carnaval da cidade.
Para ver as fotos do Baile do Hawai 2009 clique em: http://www.sjonline.com.br/?option=com_zoom&Itemid=143&catid=304

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

"Bloco do Barril" (A história)

Tudo começou em 1973 quando José Geraldo Ferraz e seu irmão Flávio entre outros amigos tiveram a idéia de elaborar um desfile caracterizados no centro de nossa cidade. A idéia era colocar um pequeno barril num carrinho de mão e todos os componentes (aproximadamente de 30 pessoas) trajados de mulher. Uma brincadeira que começaria partindo da casa do Sr Gené e Dona Cirene (pais de Zé Geraldo) localizada na Rua Nazareth, região central da cidade. Naquele ano, a turma fez o trajeto pelo centro de São João e após duas voltas deram parada no Baile de Carnaval do Clube Trombeteiros e coroaram como musa do Bloco, Marluce Henriques Fajardo, hoje considerada a 1º Rainha do Barril.

Com o passar dos anos o bloco foi ficando mais conhecido e tradicional, e em 1977 tivemos a coroação da 1º Rainha eleita, Keco Pinto, e a partir daí, todos os anos uma nova monarca toma posse. José Geraldo sempre ficou responsável em "colocar o bloco na rua", mas com sua mudañça em 1978 para Sã Paulo fez com que a Rainha eleita assumisse a responsabilidade de organizar o Barril para o ano seguinte, fato repetido até hoje.

As escolhas para a próxima Rainha ficavam com a pauta da atual reinante, que por convite e ou interesse de alguns candidatos eram eleitos. Por exemplo: Fulano é a atual Rainha e fez um convite para Ciclano assumir o próximo reinado; em acordo já teríamos a nova rainha do Barril que seria anunciado ao final do desfile. A partir do carnaval de 2008, com a criação da Associação do Bloco do Barril, um novo regulamento para a eleição da tão sonhada coroa mostrou outra configuração. Áo término do desfile, as ex-Rainhas (trajadas ou montadas) escolhem entre as candidatas a vencedora em votação aberta no microfone. No início, o nome era Rainha Garbosa e somente anos depois passou a ser Rainha do Barril.

Além das rainhas, são eleitas Miss Barril e Embaixatriz do Turismo (turistas); e a ex-Rainha mais bela leva o Troféu Cassinho. O Bloco premia os grupos de fantasias masculinos e femininos e faz distribuição grátis de caipirinha (cerca de 1200 litros) chegando a desfilar com um número superior de 25000 foliões.

O "Bloco do Barril" já é um dos mais tradicionais blocos carnavalescos de Minas Gerais atraindo turistas de todas as partes do país. Seu desfile acontece na segunda-feira de carnaval a partir das 17 horas na Avenida Zeca Henriques, centro de São João Nepomuceno.

Saiba mais sobre o Barril nos sites: www.sjonline.com.br e www.nepopo.net